Alergia em Foco Socioeconomia impede vacinação completa contra HPV


nov

9

2014

Socioeconomia impede vacinação completa contra HPV

Nem dois terços das mulheres americanas jovens, que foram vacinadas contra o papilomavírus humano (HPV), concluem a série de três doses da vacina. Uma equipe de pesquisa da University of Texas Medical Branch em Galveston, EUA, descobriu que o contexto socioeconômico foi um importante fator de influência. Esse estudo foi publicado na revista “Human Vaccines & Immunotherapeutics” (HV&I).
O estudo se baseou em dados coletados entre 2008 e 2010 para o Sistema de Vigilância do Fator de Risco Comportamental (Behavioural Risk Factor Surveillance System, BRFSS). O grupo-alvo era formado por mulheres de 18 a 26 anos de idade. Das 2.700 entrevistadas, 25 por cento iniciaram a vacinação contra o HPV e 60,7 por cento receberam todas as três doses da vacina.
Com a análise dos dados, foram descobertas diferenças principalmente socioeconômicas e étnicas. As mulheres caucasianas foram mais propensas a concluir a vacinação do que as mulheres hispânicas e negras. Maior renda e melhor educação (faculdade) também tiveram destaque. As mulheres que fizeram um check-up médico de rotina no último ano também tinham maior probabilidade de receber todas as três doses da vacina.
“A identificação de fatores que influenciam a probabilidade de uma mulher ser vacinada deve levar a ações para o aumento das taxas de vacinação, o que ajudará na saúde da mulher de modo significativo”, comentou o editor-chefe da HV&I, Ronald Ellis.
Referências
Human Vaccines & Immunotherapeutics (abstract)
<< Voltar

Os comentários estão fechados.