Alergia em Foco Cama do Alérgico


nov

19

2015

Cama do Alérgico

Os ÁCAROS  são vorazes aracnídios (aranhas) microscópicos.  Em uma única grama de poeira podem ser encontrados até 1.000 exemplares. Cada um deles produz de 30 a 40 bolotas fecais diariamente. 
Tanto nestas bolotas quanto na sua escamação estão presentes determinadas proteínas que são reconhecidamente as maiores causadoras de alergias respiratórias.  Os ácaros preferem ambientes úmidos e se alimentam de restos de comida, insetos, fungos e sobretudo da descamação de pele humana e de animal. 
Os colchões e travesseiros são os locais ideais para o seu desenvolvimento, onde reproduzem-se rapidamente.  Nestes ambientes cada fêmea pode colocar entre  50 a 100 ovos por mês.  Evitar esta proliferação, encapando os colchões e travesseiros, tem sido considerado por especialistas como a medida preventiva mais importante para as pessoas alérgicas.
Além do encapamento do travesseiro e do colchão com capas impermeáveis, com materiais que não prejudiquem o conforto do paciente, outros cuidados devem ser tomados na sua cama.
Tanto quanto possível, os travesseiros dos alérgicos devem ter propriedades que também iniba a proliferação de microorganismos, o que é conseguido pelos materiais empregados ou mesmo por impregnação com anti bactericidas.
Mantas e cobertores devem também serem observados.  Tecidos especiais contendo íons de prata são inibidores de organismos alergênicos.
Fonte: http://www.alergohouse.com.br/blog/cama-do-alergico/
<< Voltar

Os comentários estão fechados.