Alergia em Foco Boca e Garganta – Doença do beijo é comum entre 15 e 25 anos


mar

13

2015

Boca e Garganta – Doença do beijo é comum entre 15 e 25 anos

A mononucleose infecciosa, popularmente chamada de doença do beijo, pode acometer adultos e crianças, sendo que nas crianças é em geral assintomática (sem sintomas). É uma doença prevalente em jovens com idade entre 15 a 25 anos de ambos os sexos. Cerca de 90% da população adulta tem anticorpos que combatem o Epstein- Barr, vírus causador da doença. Ela é chamada de doença do beijo porque sua transmissão acontece principalmente pela saliva, a partir de um contato mais íntimo. Os sintomas podem aparecer de 30 a 45 dias após o contato com a saliva infectada. Outra forma de contágio é a transfusão de sangue.
Quando ocorrem sintomas, os mais comuns são febre alta, dor para engolir, tosse, falta de apetite, dor de cabeça, enjôo, vômitos, manchas avermelhadas na pele, dores articulares, ínguas e aumento do fígado e do baço. Alguns pacientes se recuperam em 2 a 3 semanas, porém alguns pacientes precisam de mais tempo para a recuperação. O tratamento é sintomático, ou seja, trata somente os sintomas da doença, aliviando-os. O tratamento  inclui anti-sépticos e anestésicos orais, que ajudam a aliviar a dor que eventualmente acomete os pacientes. É uma doença comum, que raramente evolui com complicações.
Fonte: Agência Brasileira de Notícias | https://www.tratandoalergia.com.br/2006/conteudo_fiquepordentro.asp?i=61
<< Voltar

Os comentários estão fechados.